Como montar um calendário escolar ideal? Confira esses 5 passos!

Calendário Escolar
4 minutos para ler

Administrar uma escola com todas as demandas disciplinares, organização e planejamento não é uma missão fácil, não é mesmo? E a preparação do calendário escolar é extremamente importante para a instituição, os professores, os alunos e os familiares.

O documento vai conter informações e orientações para o desenvolvimento de atividades e organização da rotina escolar. Por isso, a elaboração do calendário deve ser prioridade na gestão do ano letivo.

Sabemos como a tarefa é complexa e, por isso, preparamos este artigo com 5 dicas de como montar o calendário escolar. Continue a leitura e entenda a importância desta ferramenta e a melhor forma para sua organização!

1. Liste todos os feriados

Os feriados locais, nacionais e outras datas comemorativas devem ser analisados antes da programação das atividades do ano letivo. São datas que comprometem as ações e o gestor deve destacar todas para não marcar compromisso nesses dias.

Vale lembrar que, dependendo do dia da semana, algumas famílias podem optar por emendar o feriado. Sendo assim, sempre que possível, mesmo contando como dias letivos, evite marcar atividades de grande relevância nesses períodos.

2. Reúna a equipe

As atividades escolares só podem ter sucesso com o apoio dos professores. Para que estejam engajados, precisam se sentir parte do processo. Converse com eles e ressalte a importância dessa parceria e da dedicação de cada um.

É importante que a jornada e horários de trabalho já estejam estipulados. A grade escolar também já deve estar montada. Ter esses dados em mãos é fundamental para iniciar o planejamento do calendário escolar.

Para definir as atividades fora do horário normal de aula, como festas, eventos e reuniões, os professores precisam ser consultados. Somente com a adesão de todos é possível marcar esse tipo de atividade.

agenda escolar personalizadaPowered by Rock Convert

3. Avalie os calendários anteriores

Uma maneira eficiente para ajudar na montagem do calendário escolar é analisar os anos anteriores. Isso permitirá que a escola tenha uma perspectiva real para identificar o que deu certo e o que deu errado.

Essa prática evitará que os mesmos erros sejam repetidos. Será possível fazer ajustes para que as atividades tenham melhor aproveitamento e a comunidade escolar seja beneficiada.

4. Crie hierarquia de informações

Para conseguir criar o documento, o gestor precisa seguir uma estrutura lógica. O material precisa conter:

  • cabeçalho;
  • início e término do ano letivo;
  • férias;
  • feriados;
  • recessos escolares;
  • datas festivas;
  • reuniões;
  • datas de avaliações;
  • datas de cursos complementares;
  • legenda.

Também é importante prever as datas para formações dos professores. Tudo isso deve ser feito sem prejuízo das horas-aula e dias letivos necessários.

5. Permita flexibilidade

Pode ser que algo não saia de acordo com o planejamento feito inicialmente. Imprevistos acontecem e o calendário criado com tanto zelo e carinho pode precisar passar por algum ajuste ou até mesmo cancelamentos.

A gestão deve pensar em comissões para eventos e encontros periódicos, para minimizar os problemas. As comissões podem também contar com a presença dos pais. O coletivo sempre auxilia para que o processo de tomada de decisões seja mais acertado.

A escola deve divulgar o calendário para que os pais tenham conhecimento de todo o planejamento. Para isso, use a agenda escolar para anexar essa informação, que é de interesse de todos. A agenda também será utilizada para reforçar as datas posteriormente ou informar sobre alterações.

Ficou mais fácil para você? É tudo questão de organização. Agora que você já entendeu como montar o calendário escolar, aproveite para curtir a nossa página no Facebook e receber mais dicas como essas em primeira mão!

Você também pode gostar

2 comentários em “Como montar um calendário escolar ideal? Confira esses 5 passos!

Deixe uma resposta

-