Como fazer os alunos se interessarem pela aula? Veja essas 3 dicas

Como fazer os alunos se interessarem pela aula
4 minutos para ler

Um dos maiores desafios na carreira de um professor é descobrir como fazer alunos se interessarem pela aula. Não que antigamente fosse fácil, mas é fato que hoje o sistema tradicional de ensino tem uma árdua tarefa de adaptação pela frente.

Há um novo perfil de estudantes, o tempo todo conectados e ávidos por informações rápidas. Em resposta à necessidade de abranger o ensino aos diferentes estilos de aprendizagem e às mudanças na forma de comunicação, novas práticas são cada vez mais encorajadas.

Acompanhe, neste artigo, 3 dicas para melhorar o engajamento dos alunos em sala de aula e mantê-los interessados. Boa leitura!

1. Use as estratégias dos jogos dentro da sala de aula

Todo mundo adora jogos. Frequentemente, eles são o primeiro método que as crianças usam para explorar habilidades de raciocínio de alto nível associadas à criação, avaliação, análise e aplicação de novos conhecimentos.

Em meio à febre dos jogos digitais, devemos aproveitar esses poderosos veículos para o aprendizado. Poderosos porque são comumente estruturados para os participantes resolverem um problema: uma habilidade essencial necessária para hoje e amanhã.

Isso não quer dizer, necessariamente, que os professores devam usar jogos e aplicativos educativos digitais — embora existam várias opções gratuitas que proporcionam a experiência de aprendizado e podem auxiliar o professor a criar novas estratégias.

Na gamificação — como ficou conhecida a prática — a estrutura do jogo é aplicada a um contexto não relacionado aos games. Os professores usam elementos dos jogos, como desafios, feedback, progressão de níveis, narrativas criativas e recompensas para motivar os alunos a aprender e dominar conceitos.

Quer um exemplo? Implemente um sistema de recompensas baseado em pontos, em que todos os alunos contribuem para que a meta da classe seja alcançada. Faça grupos de discussão para determinar as ações, tarefas e projetos que serão pontuados, penalizações e qual será a recompensa.

Powered by Rock Convert

2. Inclua recursos tecnológicos na rotina de estudos

A tecnologia está presente na maior parte do cotidiano dos alunos. Por que não a tornar, então, uma aliada da educação? O ensino híbrido — também chamado de blended learning — mistura práticas presenciais e a distância com o auxílio digital.

Algumas escolas, no lugar da tradicional lição de casa, usam recursos virtuais, como livros digitais, softwares e plataformas educativas, pesquisas online e simuladores para avaliar a aprendizagem dos alunos. É um exemplo simples e prático de como fazer alunos se interessarem pela aula e pelo conteúdo estudado em casa.

Nesse modelo de aula, o professor assume o papel de mentor do aprendizado. Os próprios alunos reúnem as informações necessárias para a resolução de problemas, em um esforço autônomo pela construção do conhecimento.

3. Dê autonomia e voz aos alunos

As regras da escola e o currículo são definitivamente decididos por adultos. Qualquer sugestão de que seja de outra forma é normalmente rejeitada como absurda. Isso mostra quanto o sistema de ensino ainda subestima a capacidade de pensamento crítico dos alunos, colocando-os em um papel passivo na construção do conhecimento e do meio em que vivem.

Entretanto, envolver os estudantes na tomada de decisões, especialmente em assuntos que lhes dizem respeito diretamente, pode fazer uma grande diferença quando se trata de disciplina e desempenho acadêmico.

É preciso pensar em estratégias que valorizem o protagonismo dos alunos na escola, fazer com que se sintam à vontade para compartilhar suas ideias e projetos de melhoria dos espaços onde transitam.

É possível promover uma cultura democrática no ambiente escolar e fazer os alunos se interessarem pela aula e pela escola como um todo por meio da abertura para debates das decisões do dia a dia ou pela formação coletiva de grupos de interesses em grêmios.

Neste artigo, vimos como fazer alunos se interessarem pela aula por meio de novas estratégias. Mesclar tecnologia ao ensino tradicional, incluir os jogos na rotina dos estudantes e promover sua autonomia são ações que podem ser facilmente implementadas no ambiente escolar e fisgar a atenção dos estudantes.

O que achou das dicas? Compartilhe suas ideias e opiniões nos comentários!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-