Aula de reforço escolar: 4 sinais de que seus alunos precisam

aula de reforço escolar
4 minutos para ler

O aprendizado em uma sala de aula não é uniforme. Assim sendo, pode acontecer de alguns alunos terem mais dificuldades em determinados conteúdos. Por mais que o professor se esforce para suprir o desnivelamento, pode ser necessário que eles recebam uma aula de reforço escolar.

Se o aluno está apresentando muitas notas fora da média e desempenho abaixo do esperado, ter um acompanhamento de perto pode ser a solução. Isso porque o aprendizado não se dá apenas na escola, mas também nas atividades feitas em casa. Por isso, os deveres de casa são importantes.

Porém, seja por falta de tempo ou por não dominarem o tema, muitos responsáveis não conseguem ajudar seus filhos nesses momentos. E é aí que a aula de reforço escolar tem um papel relevante, e o próprio professor pode sugeri-la para a família. Neste artigo, confira 4 sinais de que um aluno seu pode estar precisando desse apoio e ajude-o nesse momento importante.

1. Falta de rotina de estudos

Se o aluno não consegue administrar seu tempo para fazer as tarefas escolares, há um problema que precisa ser analisado. É preciso que ele consiga se organizar para fazer as tarefas escolares e ainda estudar para as provas.

Essa organização nem sempre é algo que todas as crianças e adolescentes conseguem ter. A ajuda de um adulto é necessária para estabelecer o gerenciamento do tempo e o bom aproveitamento das lições de casa.

2. Ausência de interesse na aula

Quando um aluno vai mal em uma disciplina, ele pode perder a confiança e, com isso, o interesse na aula. Afinal, se não está conseguindo acompanhar a linha de raciocínio que está sendo traçada, ele começa a realmente achar aquela aula chata.

Além disso, ele pode começar a ficar constrangido e até mesmo apresentar timidez, pois coloca em crédito a própria capacidade. A mudança de comportamento é um sinal que algo deve ser feito para auxiliar esse aluno.

Powered by Rock Convert

3. Inexistência de apoio familiar

A realidade de muitas famílias é de responsáveis que têm suas ocupações em boa parte do dia e não conseguem acompanhar de perto tudo o que os filhos estudam. Com o aprofundamento de algumas disciplinas, ainda existe o agravante de haver dificuldade deles para ajudar.

Além de cobrar, os responsáveis também devem reconhecer os esforços, e, se não presenciam, fica mais difícil. Quando o aluno não tem esse suporte, a aula de reforço escolar é uma excelente opção. Assim, haverá alguém capacitado para ajudar na compreensão do conteúdo e estímulo para um melhor desempenho.

4. Desempenho nas notas

Um dos melhores indicativos de como vai o aprendizado do estudante são as notas. É por meio disso que o professor tem condições de avaliar se o conteúdo foi compreendido e quais são as deficiências de cada um de seus alunos.

Esse rendimento deve ser observado não apenas nas provas, mas também nos trabalhos extraclasse e em outras atividades que são pontuáveis. As notas são a comprovação de que algo não vai bem no caminho do aprendizado.

Porém, não deixe para alertar os responsáveis apenas no final do trimestre, com a situação já agravada. Mantenha diálogo e estabeleça uma comunicação durante o ano todo. Uma forma muito eficiente de envolver responsáveis na rotina escolar e melhorar sua relação com eles é enviando comunicados via agenda escolar para alertar sobre o desempenho escolar.

Quando notar que algum aluno precisa de aula de reforço escolar, não tema e comunique à família. Assim, seu aluno vai ter a ajuda de que precisa para ter todo o seu potencial desenvolvido.

Já passou por isso em sua sala de aula? E como você agiu? Deixe nos comentários qual foi a sua experiência!

Agendas PersonalizadasPowered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-